Como usar o Growth Hacking para atrair e reter mais Clientes

Tempo de leitura: 7 minutos

Como usar o Growth Hacking para atrair e reter mais Clientes

Talvez você já tenha ouvido falar de growth hacking antes, talvez ainda não, em todo caso, é verdade que o nome pode impressionar e talvez até assustar um pouco. No entanto, tenha certeza de que não há absolutamente nada de ilegal nisso! Mostrarei a você hoje como usar o Growth Hacking para atrair mais clientes e fidelizá-los, confira!

Prazer, me chamo Growth Hacking!

Growth hacking é um método de marketing importado dos Estados Unidos e conhecido pelos profissionais de marketing desde o início da década de 2010. 

Seu nome, que significa “hacking de crescimento” em português, na verdade se refere através da palavra “hack” ao desenvolvimento e implementação de técnicas inovadoras de marketing visando o rápido crescimento de um negócio.

Trata-se de uma estratégia de crescimento que engloba um conjunto de técnicas de marketing cujo objetivo é acelerar o desenvolvimento de um negócio. 

Inventado por Sean Ellis, empresário, investidor americano e fundador da growthhackers.com, em 2010, o growth hacking sob o impulso de Ellis contribuiu para o crescimento de empresas como Airbnb, Eventbrite e Dropbox entre outras.

Muito utilizado por startups, o growth hacking possibilita obter resultados de crescimento excepcionais por meio de métodos de marketing não convencionais, tanto criativos quanto “agressivos”, mesmo sem ter um grande orçamento ou recursos significativos.

Se você está nos estágios iniciais de crescimento do seu negócio, é uma aposta segura que a ideia de usar growth hacking está começando a seduzi-lo seriamente… 

Se este for o caso, descubra em nosso artigo tudo o que você precisa saber sobre Growth Hacking, quais habilidades são necessárias para enfrentá-lo e quais são as diferentes etapas a serem seguidas para expandir rapidamente seus negócios.

Abordaremos assim o famoso método AARRR (Aquisição, Ativação, Retenção, Recomendação, Receita) e como usar o Growth Hacking para atrair e reter mais Clientes.

O papel do Growth Hacker

O Growth Hacker é o profissional especializado em colocar em prática todas as técnicas do Growth Hacking. Com sólidos conhecimentos de marketing, ele não é necessariamente um profissional de marketing. 

O Que Faz um Growth Hacker

O que realmente faz um bom Growth Hacker é também e acima de tudo seu conhecimento de empreendedorismo e sua experiência no mundo da criação de start-ups. 

Embora não haja uma faculdade ou um treinamento real para se tornar um Growth Hacker, este tipo de profissional precisa ter um grupo de habilidades para conseguir atingir os melhores resultados como  habilidades com marketing de rede social, SEO, e-mail, marketing global, análise de dados e muito mais.

É claro que não é necessário ser especialista em cada uma dessas habilidades, mas entendê-las e saber chamar as pessoas certas quando necessário.

Aqui estão os tipos de tarefas mais frequentemente executadas por um Growth Hacker:

  • Explorar o potencial de um máximo de ferramentas de marketing;
  • Experimentare regularmente novas estratégias e ações;
  • Analisar, otimizar e reduzir os custos de conversão;
  • Desenvolver uma estratégia de crescimento baseada no método AAARRR que discutiremos mais adiante;
  • Melhorar o processo de aquisição de clientes para otimizar a taxa de conversão;
  • Otimizar a experiência do usuário para melhorar os diversos processos dentro da sua empresa.

Bem agora que você sabe o que é, qual o tipo e profissional pode gerar melhores resultados, chegou a hora de partirmos para o que interessa, que é o modo correto de como usar o Growth Hacking para atrair e reter mais Clientes, vejamos.

Como usar o Growth Hacking na prática?

Para começar, você precisará se familiarizar com o famoso funil de conversão AARRR:

  • Aquisição;
  • Ativação;
  • Retenção;
  • Recomendação;
  • Receita.

Para ficar mais simples, vejamos mais detalhes sobre cada um deles:

Aquisição

Aquisição refere-se à aquisição de tráfego, preferencialmente qualitativo. Você deve, portanto, determinar o melhor canal que garantirá um rápido crescimento para sua empresa. 

Para obter resultados efetivos, realize testes nos diversos canais web de acordo com seus objetivos. Seu objetivo é conquistar o maior número possível de clientes potenciais em pouco tempo no site de sua empresa. 

Para isso, utilize estratégias para melhorar a visibilidade deste site e atrair usuários, como otimização de referenciamento natural, inbound marketing ou automação de marketing.

Ativar

Quando o potencial cliente chega em uma das páginas do site da empresa, vem a fase de ativação. Você deve garantir que o prospecto esteja interessado e realize ações no site, principalmente validando uma compra, assinando um boletim informativo ou baixando um ebook ou ou uma outra isca digital. 

O design, a ergonomia do site e a relevância do conteúdo assumem então toda a sua importância. A primeira experiência deve de fato ser positiva para captar e reter clientes em potencial. 

Para garantir um alto índice de eficácia, é importante contar com técnicas de Experiência do Usuário (UX design) e Copywriting.

Retenção

A fase de retenção consiste em manter um relacionamento com um usuário ao longo do tempo. 

Para incentivá-lo a voltar regularmente ao seu site e a ser ativo nele, você pode implementar várias estratégias de Growth Hacking como: atualizações regulares do site, integração de novas funcionalidades, eventos, promoções, novidades, vendas flash ou programa de fidelidade. 

Aumentar o número de clientes ativos e fiéis significa crescimento exponencial. A etapa de retenção certamente exige o maior investimento, mas é essencial para o sucesso da empresa. 

O crescimento proporcionado pela fidelização de clientes não deve de forma alguma ser negligenciado.

Referência (ou recomendação)

Uma vez que o cliente seja fidelizado, é importante transformá-lo em um embaixador. Mesmo que o nome do método pareça desatualizado, o boca a boca não deve ser subestimado! 

Um cliente satisfeito recomendará os seus produtos ou serviços a seus familiares, deixará opiniões ou comentários nas redes sociais ou no seu site. Essa noção de recomendação é um dos pilares do crescimento de uma empresa. 

A base de usuários pode, assim, crescer exponencialmente graças a ações como ofertas de patrocínio, concursos ou códigos promocionais. 

Nada é definitivo no Growth Hacking, especialmente durante este estágio de recomendação. Portanto, você deve dar asas à sua imaginação e criatividade para inventar novos meios de manter seus clientes por perto.

Receita

Último passo: fluxo de caixa ou monetização. Para multiplicar a receita, é importante aumentar o valor da vida útil do cliente e diminuir o custo de aquisição deste cliente. 

Vantagens de utilizar o Growth Hacking para atrair Clientes

Para isso, estude a precificação dos produtos e serviços vendidos.

Trabalhe no valor da vida útil de um cliente (CLV), ou seja, o valor que um cliente traz para sua empresa ao longo de seu ciclo de vida, em particular através da implementação de ações de cross-selling e upselling.

Conclusão

Você viu na prática como usar o Growth Hacking para atrair e fidelizar os seus clientes. A princípio você vai precisar de um certo grau de conhecimento em marketing e dominar as principais ferramentas que serão necessárias.

Agora, se você não tem tempo para implementar todas estas ações, a sua empresa estagnou, as vendas não crescem, seus clientes demoram para voltar e o seu faturamento está ficando comprometido, você precisa URGENTEMENTE da ajuda de um Profissional.

Primeiro passo a fazer, agende agora uma conversa comigo e vou lhe mostrar em detalhes como funciona o Growth Hacking e como podemos utilizá-lo em sua empresa, garanto, você vai se surpreender!

Deixe o seu comentário aqui!

comments